As flores energizam, dão cor, aroma, vida a qualquer ambiente. Mas você sabia que além disso tudo elas também podem possuir outros “poderes”? Isso mesmo, certos tipos de flores podem acalmar, auxiliar no nosso equilíbrio emocional e muito mais. Você já deve ter ouvido falar nos “florais”, ou “florais de Bach”, não é mesmo? Neste post a gente conta para você como surgiram os florais, os tipos mais usados e como eles podem ser importantes aliados na saúde de seu PET.


SURGIMENTO DOS FLORAIS DE BACH


A terapia de florais foi criada pelo Dr. Edward Bach no ano de 1930, pois ele acreditava que as doenças que nos acometem são provenientes do desequilíbrio emocional. Bach pesquisou e catalogou um total de 38 flores e a partir delas criou um método para retirar sua essência e as propriedades curativas delas. Feito isso, ele relacionou cada umas das 38 flores a um problema/sofrimento interior, e assim nasceu então os famosos “Florais de Bach”.


A criação de Bach foi tão importante que hoje é reconhecida por mais de 50 países, além de ser citada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como sendo uma das terapias complementares para restauração do equilíbrio emocional. Além disso, os Florais de Bach, foram inspiração para outras vertentes, como os Florais Brasileiros, de Minas e podem ajudar até mesmo o seu PET. Isso mesmo! Os florais além de ajudarem o ser humano, também podem ser grandes aliados da saúde de seu companheirinho PET.

FLORAIS PARA PET

Vez ou outra passamos por certas situações em nossa vida que acabam nos desestabilizando emocionalmente e desencadeando sentimentos nada positivos. Agora imagina o seu animal de estimação que está totalmente a mercê das suas escolhas quanto tutor e que são obrigados a te acompanhar e se adaptar a ambientes e situações que eles estão longe de possuir controle.

Tudo isso acaba afetando de forma direta o bem-estar do seu pet, fazendo com que eles apresentem estresse, entre outros problemas.Assim como acontece com os humanos, eles acabam precisando de ajuda para reestabelecer seu emocional e então poder continuar nos trazendo alegrias.

O uso de florais é indicado para problemas comportamentais e não físicos e geralmente se dá em situações como: chegada de um bebê, mudança de casa, adoção de um novo animal de estimação, além de casos crônicos como ansiedade, depressão, agressividade, entre outros.


A seguir elencamos algumas situações que seus pets podem estar suscetíveis e qual o tipo de floral pode ajudá-lo:

FLORAL INDICADO: RESCUE PET

Estresse e medo: Geralmente quando o bichinho uiva, rosna demais, apresenta medo de barulhos altos (fogos de artificio...), possuem necessidade de se adaptarem a um novo ambiente (nova casa), entre outros. Você pode apostar em um floral que auxilie na sensação de segurança e coragem.

FLORAL INDICADO: HOLLY

Agressividade: Quando seu pet se torna agressivo demais, pode ser sinal de ciúmes. Um floral que o ajude a despertar novamente o sentimento de carinho seria o ideal.

FLORAL INDICADO: IMPATIENS

Agitação: Se seu pet é daqueles inquietos que não param um segundo e destroem
tudo que veem, do brinquedo, aos seus calçados... Seria legal buscar um floral que
o deixasse mais calmo e paciente.

FLORAL INDICADO: WALNUT

Mudança de ambiente: Se seu pet estava acostumado a um determinado ambiente
e por algum motivo você precisou mudá-lo, aposte em um floral que o ajude na
adaptação ao local novo.

QUAIS AS VANTAGENS DOS FLORAIS EM RELAÇÃO A OUTROS MEDICAMENTOS?

Os florais para pet tratam pelo que conhecemos como homeopatia, que segue o princípio de trazer o bem-estar através de métodos naturais, que sejam isentos de estresse e dor. Trata-se de um método que pode ser muito eficaz, tanto que é usado por vários veterinários, além de já existirem clínicas que se dedicam exclusivamente a este tipo de tratamento.

Por serem compostos de essências extraídas das flores e plantas, além de pertencerem a um grupo de medicamentos chamados de “bioenergéticos” (traz equilíbrio ao animal e ao ambiente onde está inserido), os florais de Bach não tem contraindicação e tão pouco causam efeito colateral nos animais (cachorros, gatos...) e podem ainda ser associados a outros medicamentos, ou até mesmo serem associados a outros florais. Além disso, outra vantagem do uso de florais em relação aos demais ansiolíticos e antidepressivos comuns, é a segurança que o tutor tem de poder retirar ou inserir o medicamento no dia-a-dia do animal, sem que ele se torne dependente ou tenha efeitos colaterais.

COMO USAR OS FLORAIS NO SEU PET

Quando falamos da utilização de florais para bichinhos de estimação, as formas de aplicação variam. O tutor pode optar por diluir o floral em água ou até mesmo na ração, outra forma válida também é misturar em água e com a ajuda de um borrifador, aspergir em torno da caminha ou caixinha de areia que o pet utiliza. Ah, claro, uma das formas mais eficazes (e
gostosas <3) é o tutor colocar um pouco da essência em suas mãos na hora de fazer carinho no animalzinho.

Uma das dicas de ouro para que o tratamento com florais seja eficaz para seu pet, é observar o comportamento que ele apresenta e assim poder ser mais assertivo na hora de escolher a essência correta. E claro, é sempre válido ressaltar que é de extrema importância que o médico veterinário acompanhe todo tratamento. E aí, o que você achou do florais aplicados aos nossos amados PETS? É muito bom saber que a partir da natureza podemos ter verdadeiros aliados na saúde de nossos cães e gatos, que muitas vezes acabam sendo uma opção que substitui medicamentos/tratamentos mais invasivos. Com esse post esperamos ter mostrado a você, nosso leitor, um pouquinho do que são os florais, de onde surgiram, sua eficácia e como podem ser opções maravilhosas para alguns problemas que muitas vezes nossos animais podem apresentar.

Se você gostou, não esqueça de compartilhar com seus amigos, hein? Até a próxima!

RECOMENDO